Momentos da vida que todo mundo passa.



Fala pessoal, hoje eu vou falar daqueles momentos que todos nós passamos durante a vida, tudo bem eu ainda sou novo mais eu posso falar os momentos que passamos desde quando nascemos até chegarmos a idade adulta.

Pra começar quando eu era criança as coisas eram mais simples, não tinha esse negócio de hoje em dia de "marcas" fazerem caráter, era diferente, tudo muito mais simples as pessoas eram mais amigáveis umas com as outras, se falavam, gostavam umas das outras, hoje isso é uma tremenda putaria. 

Infância: Quando eu era pequeno eu só queria assistir TV e brincar na rua, o jeito de encantar as menininhas era você conseguir andar de bicicleta sem as rodinhas (parece que não, mais era foda), o problema é que quando se tem 7 anos as mulheres que você gosta não são da sua idade elas são maiores, e não querem nada com você. (Owwwwwwnnnnnnnnnn...)

Primeiro amor: A esse é foda, você se apaixona no prezinho por uma garota bem bonitinha e ela nem da bola pra você, eu lembro que eu mandei minha mãe e meu pai escreverem uma carta pra uma menina que eu gostava na época eu acho que tinha uns 5 anos, e eu entreguei a carta pra ela e ela olhou deu risada e saiu correndo, no momento eu pensei que ela tinha me achado bobo e não queria me "namorar" mais depois que eu cresci eu percebi que a gente nem sabia ler, depois a gente "namorou" mais daquele jeito só era legal um com o outro. (Era bonitinho, vá!) 

Adolescência: Pra começar eu acho que é a coisa mais complicada que acontece, a gente mal sabe o que está pensando, minha adolescência com uns 12 anos eu queria um PC novo e um Vídeo Game (Nerd!) é não sei porque mais eu era meio estranho falava muitos palavrões e ainda falo um pouco, acho que era por causa das amizades, com uns 13 anos eu comecei a dirigir só que eu só dirigia na garagem colocava o carro pra dentro essas coisas, meu sonho era chegar na frente da escola de carro com um som fodão tocando alto com o carro cheio de mulher, depois isso mudou hoje que tenho carro não quero ir pra escola com ele porque a gasolina é cara, eu preciso fazer exercícios físicos, e não tem onde deixar o carro. (E porque ele está sem funcionar a 1 ano, é raridade mano). Meus 15 anos foram meio idiotas, eu era completamente relaxado e embalista se via alguém beber eu ia beber também, tudo pra impressionar mulher lembro que pegava o carro do meu pai quando ele chegava do trabalho e ficava andando por ai quinem um maluco, isso com 15 anos, fiquei nisso durante um tempo até chegar meus 16 e acontecer umas coisas que me fizeram cair em mim de novo, hoje eu sou um cara nerd, vive no PC, não bebo, fumo, sou um careta, mais são coisas da vida. 

Primeiro amor: Playboy... 

Segundo amor: Bom esse é engraçado quando você tem uns 12 anos você não sabe como impressionar uma garota então você mente, fala que é fodão e etc... Fica perto dela cantando músicas românticas em inglês (tudo errado ainda). Com 14 você já quer perder a virgindade, fala cada asneira e as meninas gostam ainda. Como é possível? Com 17 você começa a sair beber, vomitar, bejar, acordar no ponto de ônibus louco pra mijar e acaba mijando na própria perna. Não necessariamente nessa ordem. 

Adulto: Você começa a ver as responsabilidades, se cansa da Televisão falando merda, se revolta com tudo. Começa a ver que as coisas não são assim, vê que o mundo é cheio de responsabilidades, mais ainda assim se diverti com as coisas. 

Seu amor: Você procura uma namorada que te ame e seja verdadeira com você, sexo já nem é mais importante é só uma coisa a mais dentro do relacionamento (Não que não seja importante) mais você prefere as que te entendem melhor e que tem a cabeça no lugar e não mais as que transam. Isso ai acaba quando se tem uns 18 pra 20 anos. O tempo consome você e ainda assim ela te faz feliz no fim do dia, se você não tiver namorada você está na procura, se for um cara como eu procura alguém que seja certinha e que goste de você de verdade, se não for você ainda prefere as que transam... ¬¬' 

Em fim, eu só cheguei até essa idade, então daqui uns 10 anos eu escrevo o que eu acho dos 30tão!

Acompanhe agente no Twitter: @GuiBrio.
#Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Gui Brio | Template Template Para Blogger